O que ajuda a manter o cabelo forte: Mitos e Verdades

Em matéria de tratamentos para o cabelo, o que não faltam são "receitas mágicas" que resolveriam qualquer tipo de problema. No entanto, nem todas são verdadeiras, e algumas podem até causar danos. Confira a veracidade de dez afirmações bem conhecidas a respeito de cabelo forte e saudável.

- A alimentação influi diretamente na saúde do cabelo.
Verdade: vitaminas, sais minerais e alimentos ricos em proteínas são particularmente importantes para manter o cabelo forte e saudável, assim como uma dieta equilibrada contendo frutas e legumes.

- Cortar o cabelo na lua cheia ou crescente o deixa mais forte.
Mito: não há nenhuma evidência objetiva de que as fases da Lua exerçam influência no crescimento ou na saúde do cabelo. Para a ciência, trata-se apenas de uma crendice.

- Dormir com a cabeça molhada prejudica o cabelo.
Verdade: se você deixa o cabelo molhado por muito tempo, as escamas e as cutículas podem ser danificadas.

- Cortar as pontas dos fios ajuda o cabelo a crescer e ficar mais forte.
Mito: o cabelo cresce a partir da raiz, no bulbo capilar. Cortando ou não as pontas, o cabelo crescerá no mesmo ritmo, 1 cm por mês, em média. Porém, esse corte pode ser recomendável para retirar pontas duplas ou danificadas e deixar o cabelo mais equilibrado. Para tornar esse processo mais efetivo, você pode usar o shampoo, o condicionador e o creme para pentear da linha Palmolive Naturals Ceramidas, com ceramidas e pró-vitamina B5, que deixam os cabelos 5 vezes mais resistentes à quebra e a pontas duplas* e são especialmente desenvolvidos para fortificar os fios de dentro para fora e da raiz às pontas.

- Água muito quente faz mal para o cabelo.
Verdade: o calor excessivo estimula as glândulas sebáceas e reduz a oleosidade natural do cabelo, o que pode aumentar a possibilidade de queda e ressecamento dos fios. Por isso se recomendam banhos em água morna, com uma última chuveirada de água fria.

- Escovar o cabelo 100 vezes por dia o deixa mais forte.
Mito: o excesso de escovação pode até causar efeito contrário, ou seja, agredir o couro cabeludo e danificar os fios. Use a escova e o pente com moderação, apenas para desembaraçar, sempre com suavidade, e para ajeitar o penteado.

- O stress faz mal para o cabelo.
Verdade: manter um ritmo de vida equilibrado e saudável faz bem não só para o cabelo, mas para o corpo e a mente de maneira geral. A alimentação saudável e o sono tranquilo, por exemplo, colaboram para manter a saúde e a paz de espírito, e assim nosso organismo consegue funcionar com mais eficiência.

- Quem tem cabelo oleoso não deve usar condicionador.
Mito: o condicionador não tem a função de deixar o cabelo mais oleoso, e sim de tratar e desembaraçar os fios. Existem condicionadores especialmente indicados para cabelo mais oleoso, e não há nada errado em usar um deles.

- Adicionar uma pílula anticoncepcional ao shampoo faz o cabelo crescer mais e ficar mais forte.
Mito: os hormônios sintetizados contidos no anticoncepcional precisam circular na corrente sanguínea para fazer efeito, o que não acontece na lavagem do cabelo. E há maneiras muito mais eficientes e práticas de cuidar do cabelo.

- Não é bom usar o mesmo shampoo por muito tempo.
Mito: o uso constante de um tipo de shampoo não fará seu cabelo se "acostumar" a ele. O importante é escolher um shampoo de boa qualidade adequado ao seu cabelo, como os da linha Palmolive Naturals. Feito isso, de maneira nenhuma será preciso trocar de marca constantemente.

*Com a utilização da linha completa (shampoo, condicionador e creme para pentear) vs. shampoo sem ingredientes condicionantes.

Saiba mais